23 de dez de 2014

Bilby: o verdadeiro "coelhinho" da Páscoa / Bilby: the real Easter "bunny"

Biologia-Vida | Photo: Robert Dockerill
Photo: EHP
O verdadeiro coelhinho da páscoa! Lhes apresento um mamífero desconhecido por muitos: o bilby (Macrotis lagotis)! Endêmicos da Austrália, são animais noturnos encontrados apenas em uma parte do continente, embora antigamente tenham povoado uma area mais extensa. Pertencem ao grupo dos marsupiais, o mesmo de cangurus e gambás, não precisam tomar água (a umidade que eles precisam para viver provém de sua alimentação), comem insetos, aranhas, frutos e plantas que costumam brotar em campos que foram devastados por incêndios naturais, por isso esses animais dependem muito de épocas de seca e queimadas, o que tem cooperado com seu risco em extinção, juntamente com espécies invasoras que acabam com o seu alimento. Devido as orelhas grandes, alguns programas na Austrália têm tentado trocar o "coelho da Páscoa" por uma imagem do "Bilby da Páscoa, para para sensibilizar as crianças para a proteção da espécie.
Photo: Sidney Zoo
Photo: Wikiacam
The real Easter bunny! I present to you an unknown mammal by many: the bilby (Macrotis lagotis)! Endemic to Australia, these nocturnal animals are found only in a part of the continent, although they've formerly populated a more extensive area; they belong to the group of marsupials, like kangaroos and opossums, don't need to drink water (all the moisture they need to live comes from the feeding), eat insects, spiders, fruits and plants that often sprout in the field that have been devastated by natural fire, that's why these animals rely on dry and burning periods, which has cooperated with their endangered status, along with invasive species that end up eating their food. Thanks to their big ears, some programs in Australia have tried to switch the "Easter Bunny" with an image of "Easter Bilby", to sensitize children and let them be aware about the protection of the species.
Photo: ABC News
Photo: Jean-Paul Ferrero
Sources: IUCN  / Arkive.org / abc news / The Guardian
Postado por Thalita Morais