9 de abr de 2014

É verdade que a abelha morre depois de picar? / It is true that the bee dies after sting?




Biologia-Vida | Photo: Unknown photographer
   É verdade que a abelha morre depois de picar?

 
Sim, é verdade: o ferrão é um prolongamento do abdômen, está conectado com tecidos e tem farpas que ficam presas ao corpo da vítima, o que dificulta a retirada do mesmo e permite que mais veneno entre, mas também faz com que parte do abdômen da abelha seja arrancado fora, quando ela tenta escapar, e ela acaba morrendo cerca de 15 minutos depois. Quando a abelha ferroa alguém, ela libera um feromônio que serve para alertar as outras abelhas sobre o perigo, ou seja, não é um ataque suicida, abelhas vivem em comunidade e se importam mais em proteger a colônia do que a si mesmas, o que faz parte do instinto de sobrevivência encontrado nos animais. Mas lembre-se: as abelhas que morrem ao ferroar são as "abelhas-do-mel" (gênero Apis), outros parentes das abelhas como vespas podem te ferroar e viver para contar a história (e picar novamente, se for necessário).©
Photo: GETTY IMAGES
 It is true that the bee dies after sting?

Yes, it is true: the sting is an extension of the abdomen that is connected with body tissues, and has barbs that get attached to the body of the victim, which makes it harder to remove and allows more venom to get in, but also makes part of the bee abdomen get ripped away when she tries to escape, and she ends up dying about 15 minutes later. When a bee stings someone, it releases a pheromone which serves to alert the other bees about the danger, so its not a suicide attack, bees live in community and care more about protecting the colony than themselves, which makes part of the survival instinct found in animals. But remember: the only bees that die after stinging are the honey bees (genus Apis), other relatives of bees, such as wasps can sting you and live to tell the tale (and sting again, if necessary)
Photo: Daven's Garden
Ferrão de uma abelha, mostrando os ganchos que prendem na pele da vítima.
Sting of a bee, showing the hooks that attach to the skin of the victim.
Photo: PS Micrographs

Sources: About Insect / Earth Sky  / Diário de Biologia
Postado por Thalita Morais