9 de mar de 2016

A Cachoeira de Fogo / Yosemite Firefall

Biologia-Vida | Photo: Scott J. Wreyford-Sr
Parece montagem, mas não é. A cachoeira "Rabo de cavalo" no Parque Nacional Yosemite, na Califórnia, é comumente conhecida como Queda de Fogo porque por volta da segunda semana de fevereiro, se as condições estiverem favoráveis, o por do sol ilumina as águas no ângulo exato para fazê-las brilhar como se fosse ouro líquido ou uma cachoeira de lava. Milhares de turistas se juntam para observar esse fenômeno que dura cerca de dez minutos, até o sol se por. Para que a Cachoeira de fogo brilhe, é necessário que o céu não esteja nem um pouco nublado e que o tempo esteja quente o suficiente durante o dia para derreter uma quantidade de neve o suficiente para ter um bom fluxo na cachoeira. A presença de bastante neve para derreter é o motivo do fenômeno não acontecer em outros momentos do ano, embora o sol esteja sempre iluminando no mesmo ângulo: sem a neve derretida, a queda de 480 m não existe.
Photo: Howard Ignatius
It seems like photoshoped, but it is not. Horsetail waterfall in Yosemite National Park, California, is commonly known as FireFall because around the second week of February, if the conditions are favorable, the sunset illuminates the water at the exact angle tomake it shine like liquid gold or a lava waterfall. Thousands of tourists gather to observe this phenomenon that lasts about ten minutes, until the sun goes down. For the fire waterfall shine, it is necessary that the sky is not even a little cloudy and the weather is warm enough during the day to melt a quantity of snow enough to have a good flow in the waterfall. The presence of enough snow to melt is the reason why the phenomenon does not happen at other times of the year, although the sun is always shining at the same angle: without the snowmelt, the fall of 1,570 feet is not there at all.
Photo: James Kaiser

Photo: Rob Kroenert
Sources:  Yosemite Firefall / World Waterfall Database
Postado por Thalita Morais