19 de fev de 2014

Parto empelicado: bolsa amniótica ainda intacta / Veiled Birth: amniotic sac still intact

Biologia-Vida | Unknown photographer
O nascimento impelicado é um caso relamente raro, com estimativa de 1 a cada 80 mil nascimentos, e acontece quando o bebê nasce com a bolsa amniótica ainda intacta, devido ao nascimento por cesárea. Esse procedimento, dizem, é utilizado quando se quer evitar que o bebê entre em contato com o sangue materno durante o nascimento, para não passar doenças sanguíneas. Antigamente, acreditava-se que a criança que nascesse com o saco aminiótico ainda intacto teria sorte para a vida toda; outras culturas acreditavam que a criança nascida assim jamais poderia se afogar, ou que teria poderes sobrenaturais quando crescesse.

O saco, formado por volta da segunda semana de gestação, é cheio de líquido amniótico, que suaviza impactos evitando que o bebê se machuque e mantém a temperatura perfeita para o desenvolvimento. O bebê pode exalar e  engolir o líquido, que não faz mal uma vez que sua fonte de oxigênio vem da placenta pelo acordão umbilical e vai diretamente para o sangue do bebê, sem o exercício de respiração que conhecemos (inalar, exalar). É exatamente esse saco que estoura momento antes do nascimento, quando costuma-se dizer que a "bolsa d'água estorou". No nono mês de gestação, o feto utiliza esse líquido para "treinar" o ato de sucção, que será tão utilizado depois para mamar.
  Biologia-Vida  |  Photo  Dr Aris Tsigris

Veiled birth is a really rare case , with an estimated of 1 in every 80 thousand births , and occurs when the baby is born with the amniotic sac still intact due to birth by cesarean . This procedure is said to be used when they want to prevent the baby to get in contact with maternal blood during birth, not to pass blood diseases . Previously , it was believed that a child born with the amniotic sac still was a sign of good luck and that the child was destined for greatness, other cultures believed that a child born so could never drown , or have supernatural powers when he grew up .
The bag , formed around the second week of gestation , is filled with amniotic fluid , which smooths impacts avoiding that the baby gets hurt and maintains the perfect temperature for development. The baby can breathe and swallow the liquid , which does not harm him since his source of oxygen comes from the placenta through the umbilicalcord  and goes directly to the baby's blood without performing the breathing exercise we know (inhale, exhale). It is exactly this bag that bursts moments before birth, which is commonly referred to as a mother's ‘water breaking’. In the ninth month of pregnancy , the fetus uses the liquid to "train " the act of suction, which will be used later to nurse.


Foto: Autor desconhecido
Postado por Thalita Morais